domingo, 25 de agosto de 2013

ABRA OS OLHOS DO SEU CORAÇÃO


















Quantas vezes a letra da musica o fez chorar
Já conheceu alguem por acidente .
Já teve que se desfazer de algo que amava muito?
uma pessoa por exemplo.
Imagina se desfazendo de um filho
Seria perturbador .
já disse adeus e voltou atrás
Imagina um balão  de gás
se você não segurar firme ele vai subir
é assim com as pessoas
ou cuidamos ou deixamos ir
Imagina um campo de centeio
sendo levado pelo vento
É a hora do adeus
onde tudo se apaga.
Abra os olhos do seu coração
e deixe a musica tocar.
quem sabe assim
ela te  traga de volta.

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

SINTO FALTA PARTE 2














Sinto falta ,

De andar sorrindo a toa
De ficar comigo numa boa.
De rir da decepção alheia
De Desenhar sorrisos no chão de areia
Sinto tanta falta de quem eu era
sinto falta da primavera 
sinto falta,
De ser correspondido
De ser reconhecido
De ser mimado
De receber um agrado
Sinto a falta , 
Da  verdade
Da honestidade 
Sinto falta de um sorriso 
de um abrigo 
de um lugar pra fugir 
de um motivo pra sorrir
Sinto falta do ontem 
do que se foi , do que virá
Sob a lua que  prateia na maré
Sinto falta de ficar de pé
Sinto tanta falta que me cansei
eu sinto tanta falta que eu nem sei .

sábado, 3 de agosto de 2013

CANTANDO A FELICIDADE !!!!















Ando sozinho a lamentar a felicidade
Detida em meu coração a vagar
Me faço , me refaço todos os dias
Me aperfeiçoo  a cada instante
Prefiro ser um ser bruto
Que aos poucos vai ganhando Forma
Quero poder abrir a porta
E subir as escadas , bem devagar...
Gosto de ser e estar em todos os lugares
Poder viajar e me divertir
Caminhar sob o sol
E ouvir o som do que não posso ver.
Tocar os seus cabelos
E sentir o tato do contato dos teus lábios
Desenhar sorrisos no chão de areia
Caminhar sentindo o vento me levar
Ser arrastado pelo vento
Que incendeia
Quero permanecer quieto na multidão
Me guardar para o amanhã,
Sublimar minha dor
Dizer que lhe tenho amor
Quero ser ator coadjuvante da sociedade
E cantar alegrias ao mundo
Sorrir abundantemente da falsidade
Tornar mais claro
Viver para o hoje
Brincar com o medo
Sair do convencional
Do monótono
Jogar tudo pra cima

E dizer ao mundo que sou feliz !!

PRECIOSA RAIVA














Que a raiva autóctone da sangria do olhar
morra diante da certeza do amanhã
to cansado de esperar sentado
estou entrando em coma
No descaso eminente 
Em  derramar abundantemente
gotas a percorrer o rosto da face
parece que ninguém te ouve
talvez esteja morto e não sabe
talvez , esteja morto dentro de si mesmo
partido em dois 
mas sua força é descomunal
HOJE eu estive No labirinto da nostalgia
eu já tinha cienciado a mentira
obliterando o sentimento outorgado
de que nunca mais veria
com a mão no coração
minha pressão caiu pra nove
acho que vou cair no chão